Pra se sentir em Paris sem sair de São Paulo

O grande barato de sair caminhando pela cidade é você se deparar com os mais inusitados sujeitos, lugares e situações. Uma atividade interessante e muitas vezes surpreendente. Algo que todos deveriam praticar com mais frequência, ainda que a rotina acabe tirando um pouco desse prazer e desse olhar embasbacado de turista.

Como faz pouco tempo que moro em São Paulo, ainda fico de olhos abertos pra essa cidade de contrastes e cenários tão diferentes. Dia desses, por exemplo, ao me deparar com uma “Pont des Arts” em plena Av. Paulista, fiquei pensando nas muitas contribuições da cidade luz à terra da garoa.

Traços da arquitetura da Belle Époque francesa do final do século XVIII estão presentes por todos os lados. E os maiores exemplos disso são o Museu do Ipiranga, o Teatro Municipal e o Parque da Luz. Mas a influência francesa vai além na capital paulistana. Se manifesta também no estilo de vida.

Em São Paulo, há diversas boulangeries, pâtisseries e bistrots, sem falar na enorme variedade de produções francesas em cartaz (basta entrar no site do cinema do Reserva Cultural). Há também spas da marca francesa L’Occitane, algumas “Sephoras” e uma livraria que prioriza os autores do país europeu. Sim, tudo isso em São Paulo.

Já a Pont des Arts paulistana com seus cadeados do amor é coisa nova. São apenas 25 cadeados, mas quem sabe o início de mais uma tradição parisiense em São Paulo. Foram colocados na grade que rodeia o buraco do túnel José Roberto Fanganiello, na saída da Av. Paulista (Praça do Ciclista). Como não há nenhum rio Sena por perto, algumas dessas chaves foram lançadas no próprio túnel, para serem atropeladas pelos carros. Uma adaptação não tão romântica as características locais. Ahhh mas importante mesmo é o amor. Certo?!

Alguns endereços para você entrar no clima da cidade Luz:

 Paradis Délices Français

Famosa entre os cariocas, acaba de inaugurar uma unidade em São Paulo. Fica na rua Haddock Lobo, 1380. Lá, é possível encontrar os famosos macarons do chef francês Pierre Cornet-Vernet (R$4,60 a unidade), feitos a partir de ingredientes bem brasileiros, como brigadeiro, caipirinha, beijinho de coco, hortelã com abacaxi, entre outros sabores. Há também outros clássicos da pâtisserie francesa, como o éclair e a mademoiselle (bombom de marshmallow). Tudo uma delícia! – ver aqui matéria que fiz na Paradis.

 Ladurée

Diretamente da Champs-Élysées, a confeitaria francesa de luxo cujo maior chamariz é a linha de macarons, conta com uma unidade na Pauliceia. São 15 versões do doce colorindo a vitrine, entre eles os de alcaçuz, limão siciliano e café, além dos tradicionais pistache e chocolate. Como sua produção vem de fora, passando por um processo de congelamento até chegar aqui, figura entre os macarons mais caros da cidade (R$9,90 a unidade). Onde? Shopping JK (piso térreo).

• Faire La Bombe

Além dos famosos macarons, outra iguaria de sucesso na cidade luz é a bomba (ou éclair). Em São Paulo, é possível encontrar uma loja especializada no doce, com versões também salgadas. Onde? Rua dos Pinheiros, 223.

• La Tartine

Instalado num sobrado na Rua Fernando de Albuquerque, 267 (Consolação), o bistrot conta com um cardápio reduzido, porém incrível. Não deixe de experimentar o quiche de queijo de cabra. Uma delícia!

• Quartier du Pain

Em um ambiente elegante nos Jardins, diferentes tipos de pães são preparados diariamente. Há versões inspiradas em receitas de diversos países, como é o caso do pão à base de arroz (alusão ao Japão) e o de chá verde (referência ao Vietnã). Há também versões muitos criativas como o de café com gotas de chocolate e o multigrãos com uva passa ao vinho tinto. Onde? Alameda Lorena, 2019 – Jardim Paulista.

• A Queijaria

Um dos produtos mais adorados pelos franceses é o queijo. Ele também é muito adorado pelos brasileiros, mas infelizmente é difícil encontrar boas opções nos supermercados brasileiros, principalmente se a sua ideia for comprar um queijo de origem nacional. Aí é quase impossível. Pensando nisso, A Queijaria, inaugurada em 2013, abriu as suas portas para atender aos milhares de fãs da iguaria desejosos por novos sabores nacionais. Um alívio! Endereço: Rua Aspicuelta, 35 – Vila Madalena.

• Sephora

A maior rede de cosméticos do mundo, fundada em Paris em 1970, já conta com 5 endereços na capital paulista. Seguem o padrão internacional, com uma enorme quantidade de produtos organizados por seção (skincare, cabelo, banho, unhas, acessórios e fragrâncias) e por marca. Endereços: Shopping JK Iguatemi, Morumbi Shopping, Shopping Eldorado, Shopping Pátio Paulista e Shopping Cidade Jardim.

• Livraria Francesa

Como o próprio nome sugere, é especializada em autores do país europeu. São mais de 20 anos de engajamento na difusão do livro e da cultura francófona em São Paulo. Onde? Rua Barão de Itapetininga, 275 – Centro.

• Spa L’Occitane

Em 5 endereços da capital, a L’Occitane traz as fragrâncias da Provence, em tratamentos para o corpo e a mente. Endereços no seguinte link: http://br.loccitane.com/conheça-o-spa l’occitane,43,2,37087,371386.htm

• Reserva Cultural de Cinema

É um dos cinemas mais bacanas da cidade com uma programação alternativa que privilegia produções europeias – com destaque para o cinema francês – e latino americanas. O cinema divide espaço com um café, restaurante e livraria, e conta com uma parede de vidro com vista para a Av. Paulista. Endereço: Av. Paulista, 900. Programação disponível no site http://www.reservacultural.com.br/cinema.asp?id=4.

Matéria publicada no São Paulo Times, dia 09.10.14.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s