São Paulo a muitos metros de altura

Nas cidades mais cosmopolitas do mundo, os mirantes são sempre uma atração mais do que esperada. A Torre Eiffel que o diga. É o tipo de foto que todo turista que se preze faz e que o nativo, pelo menos uma vez na vida, acaba se rendendo ainda que na condição de guia para seus amigos de fora.

Turístico ou não, o fato é que para captar a grandiosidade de uma cidade é preciso vê-la de cima, onde a visão se amplia. E com a cidade de São Paulo não é diferente.

Assim que cheguei à cidade, logo tratei de conhecê-la de cima. Todo mundo sabe que a Pauliceia é grande, cheia de arranha-céus, viadutos e avenidas. Mas a centenas de metros de altura, é possível ver um panorama absolutamente diferente, composto também por rios, vales, picos e serras. Sim, a Pauliceia possui diferentes personalidades e só do alto dos seus mirantes é possível enxergar todas essas facetas. É ver pra crer, ou pra no mínimo, se surpreender.

Entre os mirantes mais legais que visitei, estão alguns arranha-céus, uma praça e um parque:

• Banespão (Edifício Altino Arantes)

Com seus 161 metros de altura e formato “bolo de noiva”, já foi considerado um dos maiores do mundo. É um dos símbolos de São Paulo e o mirante no seu topo oferece uma vista panorâmica da cidade. Dele, é possível ver o centro antigo, incluindo grandes ícones culturais, como a Catedral da Sé, o Mosteiro de São Bento, o Mercado Municipal e o Viaduto Santa Ifigênia. A visitação é gratuita e acontece de segunda a sexta-feira, das 10 às 15 horas. Endereço: Rua João Brícola, 24 – Centro (Metrô São Bento).

• Copan

Com sua inconfundível forma em “S”, é considerado o maior edifício residencial da América Latina e um dos cartões-postais da cidade. Foi projetado por Oscar Niemeyer e conta com 115 metros de altura e 35 andares (sem contar a cobertura). Entre os atrativos que podem ser vistos da cobertura estão o Edifício Itália, a Igreja da Consolação, a Marginal Tietê e a Avenida Paulista, facilmente reconhecível por suas antenas. A visitação ocorre de segunda a sexta-feira (exceto feriados), em horários curtos: das 10h às 10h30 e das 15h às 15h30. Endereço: Avenida Ipiranga, 200 – Bloco F (sobreloja) – Metrô República.

• Edifício Itália

É considerado o segundo maior edifício da cidade, com 165 metros de altura. É no topo deste prédio que se encontra o famoso restaurante “Terraço Itália”, um dos mais caros da Pauliceia. É possível apreciar a paisagem urbana a partir do alto do Itália durante toda a semana e entre os pontos conhecidos que podem ser vistos, estão: o Banespão, o Copan e o Elevado Costa e Silva. A visitação ocorre de segunda a sexta, das 15h às 16h. Endereço: Avenida Ipiranga, 344 – 41º andar – Metrô República.

• Edifício Martinelli

Assim como o Banespão, já foi considerado um dos mais altos do mundo. Sua construção foi um grande acontecimento para a cidade. O empreendedor da obra, o italiano Giuseppe Martinelli, concluiu sua meta de 30 andares construindo sua própria mansão no topo do prédio. E é do seu terraço, aberto ao público, que é possível ter uma visão do centro antigo. A visitação ocorre de segunda a sexta, das 9h30 às 11h30 e das 14h30 às 16h30. Endereço: Avenida São João, 35.

• Praça do Pôr-do-Sol (Praça Coronel Custódio Fernandes)

Localizada no Alto de Pinheiros, é muito pouco conhecida pelo seu nome oficial. É o endereço certo pra quem deseja apreciar um belíssimo pôr-do-sol na cidade. Garanto que a vista que a praça oferece é bem diferente daquela que habita o imaginário coletivo. Ao invés dos arranha-céus e viadutos, você verá muuuuito verde. Endereço: entre a Rua Desembargador Ferreira França e a Rua dos Macunis.

• Pico do Jaraguá

É conhecido por ser o ponto mais alto da cidade. O pico chega aos 1.135 metros de altitude e conta com um mirante que permite, assim como a Praça do Pôr-do-Sol, uma perspectiva bem diferente da cidade. O pico se encontra dentro do Parque Estadual do Jaraguá, uma reserva de Mata Atlântica declarada patrimônio natural da humanidade pela Unesco em 1994. É uma vista realmente imperdível e para chegar até o mirante, é possível ir de carro ou por trilhas. O parque fica aberto diariamente, das 7h às 17h. Endereço: Rua Antônio Cardoso Nogueira, 539 (Acesso pela Rodovia Anhanguera, Km 18).

Matéria publicada no São Paulo Times, dia 28.08.14.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s